Pesquisar
Close this search box.

Cartão de Visita: Não imprima antes de ler ISSO

Cartão de Visita: Não imprima antes de ler ISSO

Compartilhe:

Existem formas inteligentes de divulgar o seu negócio! Qual delas você pratica?

Alguns empreendedores, quando iniciam o seu marketing, acham que é necessário fazer a arte de um panfleto, imprimir e distribuir em diversos locais.

A pergunta é: quais resultados poderão ser obtidos através dessas ações? Os resultados compensam os esforços? Confira esse post para saber se vale a pena investir ou não em impressos. 

Digamos que você trabalhe com reformas de imóveis, ou consertos/reparos domésticos.

Agora, imagine que uma pessoa acabou de ter um problema de vazamento no banheiro.
o que vc acha que ele vai fazer?

a) abrir uma pasta com todos os panfletos catalogados por ordem alfabética
b) correr até a caixinha de correspondência para ver se tem um flyer ou cartão de alguém que trabalhe com reformas e consertos?
c) pegar o smartphone e pesquisar no google por “bombeiro hidraulico” ou “conserto de vazamento”?

Obivamente, a maioria das pessoas pesquisará no Google através do smartphone.

Em vez de distribuir panfletos por aí, será que não é muito mais estratégico fazer um site e uma campanha no Google e anunciar para pessoas próximas ao seu raio de atendimento e que estejam buscando por termos associados aos serviços que você oferece?

Não basta ter um site

Agora, não adianta ter um site amador ou um anúncio mal planejado.



– Tenha um site profissional com o layout voltado para conversão
– Tenha uma copy profissional
– Tenha anúncios persuasivos
– Use as chamadas de ação assertivamente,

Principalmente, otimize e monitore as suas campanhas. Foque apenas em palavras e anúncios que geram conversões para o seu negócio.

Cartão de Visita é necessário?

Não vamos radicalizar afirmando que cartão de visita não é mais necessário. Sempre há pessoas que guardam e, de fato, recorrem aos seus cartões. Especialmente aquelas menos engajadas com soluções digitais.

Há também situações específicas como eventos e congressos onde costuma ser natural a troca de cartões.

Alguns grupos de relacionamento/networking inclusive esperam que você tenha cartões de visita próprios para distribuição.

Quem vai guardar seu cartão?

Seja por conta de uma cultura ou tradição, os cartões de visita ainda são utilizados. Mas o efeito costuma ser mais eficaz quando o receptor já conhece aquela marca ou profissional, estima os seus produtos/serviços e, assim, decide guardar dados de contato quando for necessário recorrer.

Por outro lado, existe uma tendência cada vez mais consistente onde o público tende a armazenar sua vida e informações de valor através de outros meios que não sejam impressos.

A sua agenda de contatos provavelmente está armazenada no seu smartphone, as marcas que deseja acompanhar já fazem parte das suas mídias sociais, os documentos importantes podem estar salvos no dropbox ou google drive, enfim..a evolução da organização de dados – especialmente na nuvem – dispensa os impressos e é esse olhar que merece atenção.

Cartão de Visita x Vendas

O propósito desse post é abrir um parêntese para quem imprime cartões de visita pensando em vendas. Se você deseja mais divulgação para projetar mais vendas, atente-se para outras soluções, inclusive mensuráveis, de divulgação e captação.

Para aumentar as vendas, avalie seu posicionamento online e considere estratégias para levar tráfego, ou seja, visitas/usuários com potencial de compra aos seus canais. Aonde você puder estabelecer relacionamento e promover continuamente sua marca, provavelmente será preparado o verdadeiro terreno para novos negócios.

O cartão de visita acompanha a identidade visual da marca e, se for utilizado, deve ser profissional para não depor contra a marca.

Agora, se além do cartão de visita, você também estratégias de divulgação para o seu negócio que vão muito além dos impressos, comece pelo site. Entenda tudo sobre sites, continuando a leitura em:



Site ou Loja Virtual: Qual a melhor opção?

 

 

 

 

Compartilhe:

Veja também: