Pesquisar
Close this search box.

Redes Sociais: 5 alertas para você não errar

Redes Sociais: 5 alertas para você não errar

Alertas sobre redes sociais

Compartilhe:

Se as redes sociais começaram como uma forma de manter contato com os amigos, hoje elas se tornaram poderosas ferramentas de marketing.

Marcas e profissionais investem cada vez mais, sendo importante considerar alguns cuidados para não queimar a imagem da sua empresa ou do seu negócio ao postar conteúdos nas mídias sociais. Se você também faz parte desse grupo, confira o post!

Cuidado #1- De quem é a audiência?

Se você tem 20 mil seguidores na sua fanpage, tenha em mente que não são sua audiência.

Trata-se de uma audiência do Facebook que simplesmente segue a sua página. E o que isso signfica?

Se o Facebook bloquear a sua conta, como você terá acesso aos seus seguidores e métricas da página?

O Facebook faz a intermediação e o seu domínio está acima das suas pretensões.

A dica é usar o Facebook para gerar tráfego e gerar leads para a sua estrutura. Mantenha sua audiência aquecida em locais próprios sob o seu controle como site, blog e funil de e-mail.

Cuidado # 2 – De quem são as regras?

Complementando o cuidado 1, lembre-se que regras são da plataforma, e não sua.

Se um belo dia, o Facebook decidir que você precisará pagar uma mensalidade para ter uma Fanpage, por exemplo, você também não poderá fazer nada a respeito.

Ou seja, você é refém das regras e possibilidades de cada plataforma.

Não monte estratégias que dependam exclusivamente das mídias sociais. Uma Fanpage não substitui um site, seguidores não substituem listas de e-mail. Uma estratégia não mata outra. O segredo é diversificar.

Cuidado # 3 – Métricas de Vaidade

Não se iluda com métricas de vaidade.



Se vc tiver 100.000 seguidores, mas não conseguir identificar 1 única venda que um deles te gerou por causa das suas publicações, de nada adianta investir esforços nisso, concorda?

A dica é definir qual é o papel de cada mídia social na sua estratégica e mensurar quais são os resultados que estão sendo gerados. Quantos leads? Quantos contatos? Quantas vendas?

Se você tiver poucos seguidores, mas gerar 5 vendas, poderá se considerar mais bem sucedido do que uma marca com o triplo de seguidores, mas metade das vendas, não concorda? O que realmente importa está muito além das curtidas, tenha isso em mente.

Cuidado #4 – Alcance orgânico está em declínio

Quando você publica um conteúdo, e o algoritmo do Facebook – Edge Rank – decide que apenas um pequeno percentual dos seus seguidores receberá esse conteúdo organicamente, você provavelmente não terá outro caminho a não ser pagar para que sua publicação chegue a todos.

Ou seja, o alcance sem custo através do Facebook tem sido cada vez menor. E o mesmo está ocorrendo com o Instagram.

Não se iniba pelo aparente baixo engajamento. O alcance orgânico dificilmente promoverá os mesmos resultados que o investimento em ads.

Cuidado #5 – Cansei das redes sociais?

Depois desses alertas, poderá ficar a sensação de que redes sociais é perda de tempo para quem tem baixo orçamento. E o principal cuidado é: abandone essa ideia!

Não faz o menor sentido ficar fora das redes sociais quando o seu público só cresce por lá.

O propósito aqui é deixar claro qual o cenário atual para quem destina esforços de marketing a essas plataformas.

Para que serve a nutrição orgânica das redes sociais?

– distribuição do seu conteúdo;
– aumentar o alcance das suas postagens;
– conquistar links sociais e links de referência para fortalecer o trabalho de seo;
– fortalecer a marca.. que é o famoso branding;
– gerar leads para os seus funis de vendas.

Naturalmente, quando houver uma estratégia que faça sentido.. invista em campanhas pagas.

Tráfego pago apresenta resultados fantásticos em diversos funis de vendas.

Agora, a pergunta é: qual desses alertas você ignorou e vai começar a se proteger agora?

Compartilhe:

Veja também: